Círio de Nazaré em Belém, a maior festa religiosa do Brasil

 

No Pará o mês de outubro é marcado pela maior manifestação de fé do mundo, o Círio de Nazaré traz milhares de fiéis dos quatros cantos do mundo para o acompanhar a imensa procissão que reúne mais de 2 milhões de fiéis todos os anos que fazem diversas manifestações e homenagens para Nossa Senhora de Nazaré, a mãe de Jesus.

 

O início da imensa manifestação de fé no Pará, teve início em 1700 quando o caboclo Plácido José de Souza encontrou uma pequena imagem da Senhora de Nazaré às margens do Igarapé Murutucú. Após o encontro do objeto, Plácido teria levado a imagem da santa para a sua casa e, no outro dia, ela já não estava mais lá. Em seguida o caboclo retornou ao local e para sua surpresa a imagem estava no mesmo lugar. O fato se repetiu inúmeras vezes e a notícia se espalhou rapidamente e a “Santinha” foi levada para o Palácio do Governo e hoje tradicionalmente, a imagem é levada da Catedral Metropolitana até a Basílica de Nazaré.

 

O Círio de Belém foi registrado em setembro de 2004, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial. Além do grande ato realizado no domingo, o Círio de Nazaré também participa de outras manifestações de devoção, como a romaria fluvial, automobilística e diversas outras peregrinações e romarias que ocorrem na quadra Nazarena.

 

A celebração começa com uma missa em frente à Catedral da Sé por voltas das 5h30 da manhã com duração de 1 hora e em seguida é iniciada a procissão que percorre várias ruas de Belém em um percurso de 3,6 quilômetros. O maior círio da história ocorreu em 2004 com duração de 9 horas e 15 minutos.

 

O termo Círio vem da palavra latina “cereus”, que significa vela grande, a principal oferta dos fiéis nas procissões em Portugal, com o tempo passou a ser sinônimo da procissão de Nazaré aqui Belém e de muitas outras pelas cidades do interior do Pará.

 

Onde comer: Nos associados Abrasel, acessando o nosso site www.abraselpa.com.br

Fonte: Guiaviajarmelhor