FITA em SP encerra com reconhecimento do turismo e da gastronomia paraense


Desde o início a estratégia definida pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) com a realização de uma edição especial da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) foi bastante clara: alcançar e impactar positivamente o principal mercado consumidor e emissor de turistas do Brasil, o Estado de São Paulo. Fato que se confirmou no encerramento do evento, no sábado, dia 2, no Mercado Pinheiros, com grande público e procura pelos produtos do Pará.

 

Os paulistas puderam sentir e experimentar os aromas e sabores da gastronomia paraense em diversos momentos e menus. Nos dias 29 e 30 de agosto, a chef Mara Salles recebeu no Tordesilhas o chef Saulo Jennings Simões, que juntos elaboraram um menu com Mujica de Aviú, Lasca de Mapará Grelhado e Vinagrete da Floresta, Bolinho de Piracuí, Geleia de Cupuaçu e Pimenta, de entrada; Feijão de corda em vagem assado na brasa e leite de castanhas, arroz de tacacá, Piracaia e tubérculos, como prato principal e Frutas locais e Doce de Tapajós de sobremesa.

 

Nos dias 30 e 31 de agosto, foi a vez do chef Elton Junior receber no Dalva e Dito a chef de Belém Daniela Martins. Entrada de pirarucu salgado com salada de feijão manteiguinha de Santarém e no prato principal filhote temperado com tucupi preto em crosta de farinha d’agua com purê rústico de macaxeira e redução de tucupi amarelo, além de porco com taperebá e de sobremesa castanhada com calda de jambu, deliciaram os presentes.

 

Já entre 31 de agosto e 2 de setembro, o chef Meia Noite acompanhado do chef Ofir Oliveira e da boieira do Ver-o-Peso, Lúcia Torres, no restaurante Capim Santo, serviram um menu que incluiu tacacá, croquete de pupunha com pesto de jambu e patola de caranguejo de entrada; pato no tucupi de prato principal e sonho de tapioca com recheio de cupuaçu e sorbet de queijo do Marajó de sobremesa. Também, entre os dias 28 de agosto e 2 de setembro, dois restaurantes do Mercado Municipal de Pinheiros serviram alguns pratos especiais com produtos típicos do Pará, caso da pizzaria Napoli Centrale Pizza e a Comedoria Gonzales.

 

Clímax - No “Dia D” da programação da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (Fita) em São Paulo, a noite de quinta-feira (31), no Restaurante Capim Santo, os atrativos do turismo e a originalidade da gastronomia paraense encantaram as mais de 120 pessoas presentes ao evento, entre operadores de turismo, agentes de viagem e imprensa. A programação incluiu palestra-show sobre o Destino Pará, rodada de negócios e jantar temático.

 

Quinze fornecedores paraenses (agentes de receptivo) estiveram na capital paulista para o encontro comercial com empresários do Sudeste do País, em programação que teve o menu preparado pelos paraenses chef Ofir Oliveira e a boieira Lúcia Torres, do Mercado do Ver-o-Peso. Para o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, “esses eventos aproximam os operadores, que são quem vendem o produto Pará, dos fornecedores paraenses”.

 

“Fizemos promoção do turismo e da gastronomia. A região amazônica é muito diferenciada, e queremos mostrar a pluralidade do destino através da sua gastronomia”, explicou Adenauer Góes. Segundo o secretário, o objetivo da Setur com o Pará 2030 é apresentar um novo olhar sobre a cadeia de valor do turismo e da gastronomia, vendo-os como um negócio e unindo as cadeias públicas e privadas.

 

Palestras – O fechamento da programação no Mercado Público de Pinheiros, nos dias 01 e 02 de setembro, marcaram um momento especial para autoridades, chefs de cozinha, estudantes e público em geral, com ciclos de palestras com a participação dos chefs paraenses Saulo Jennings Simões, Daniela Martins, Ofir Oliveira e Lúcia Torres, em companhia de chefs residentes em São Paulo, como Mara Salles, Alex Atala, Morena Leite, Roberto Smeraldi, Ricardo Maranhão, Elton Junior, Meia-Noite, Ricardo Frugolli e Paulo Machado.

 

Os encontros no Mercado de Pinheiros tiveram bate-papo com os chefs e produtores locais sobre a importância da gastronomia paraense, suas origens e curiosidades, além de empresas apresentando, vendendo e oferecendo degustação de produtos típicos, como a distribuidora Combu – Produtos da Amazônia e a Empório Poitara.

 

No primeiro dia, com abertura feita pelo secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, e o presidente da Faciapa, Fábio Lúcio Costa, o ciclo de palestras no Mercado Pinheiros reuniu Roberto Smeraldi e Saulo Jennings com o tema “As Surpresas da Diversidade”, seguidos de Ricardo Maranhão, da Academia Brasileira de Gastronomia, falando sobre “A Culinária Paraense, a Mais Antiga do Brasil”. O chef Ofir Oliveira e Lúcia Torres fecharam a tarde com “Sabor Selvagem da Amazônia”.

 

O dia seguinte teve a palestra de Daniela Martins com tema “Mandioca, da raiz à folha”, o professor Mestre, Ricardo Frugoli, falando do “Almoço do Círio de Nazaré – O Banquete Amazônico”, e encerramento de Mara Salles e Paulo Machado abordando a temática “Como os estrangeiros veem a culinária amazônica”.

 

“Vimos na gastronomia uma oportunidade de transformar o turismo em negócio. Começaram a surgir novos restaurantes, as pessoas vão para o Pará em busca do açaí e se surpreendem com a gastronomia. É um produto muito rico”, concluiu o secretário.

 

Texto: Israel Pegado

Núcleo de Comunicação

Secretaria de Estado de Turismo - SETUR/PA

Contato: (91) 3110-5007/ (91) 98896.2043 / (91) 98347-1397