Gastronomia paraense vira produto e rota turística

Adenauer Góes e Fábio Lúcio Costa

Adenauer Góes e Fábio Lúcio Costa

Desde meados de 2015 que o Pará mudou sua posição promocional, adotando o projeto Pará 2030, que englobou o antigo Ver o Pará. Com foco no desenvolvimento de todo o Estado, o projeto prevê o crescimento turístico da região com foco na natureza e cultura, tendo a gastronomia como um forte alicerce do Turismo. Assim, para levar um pouco da gastronomia paraense para o resto do país e incitar a curiosidade das pessoas, convidando-as a conhecer o destino, o estado realiza esta semana o Festival de Turismo e Gastronomia do Pará. O evento, que acontece na noite desta quinta-feira (31/08), no restaurante Capim Santo, em São Paulo, trouxe dois chefes paraenses: Ofir Oliveira e Lúcia Torres, que realizaram um meni degustação para a imprensa e personalidades do trade.

“Queremos articular, de forma sinérgica, a promoção do turismo e gastronomia. A região amazônica é muito diferenciada e queremos mostrar a pluralidade do destino através da sua gastronomia”, explicou o secretário de Turismo do estado Adenauer Góes. Segundo a autoridade, o objetivo da secretaria com o projeto Pará 2030 é apresentar um novo olhar sobre o Turismo, vendo-o como um negócio. Unindo as cadeias públicas e privadas.

“Vimos na gastronomia uma oportunidade de transformar o turismo em negócio. Começaram a surgir novos restaurantes, as pessoas vão para o Pará em busca do Açaí e se surpreendem com a gastronomia. É um produto muito rico”, enfatizou o secretario que convidou os presentes a conhecer o destino e pediu aos agentes de viagens para trabalharem com mais afinco na venda do Pará. “Peço que deem uma oportunidade ao Pará e incluam esse destino na sua prateleira de produtos, pois temos muito a oferecer”, finalizou.

NOVOS ROTEIROS

Góes ainda afirmou que o destino está desenvolvendo novos roteiros turísticos. O destaque fica para a rota Belém-Bragança, que já vem sendo divulgada pela secretaria. Com o título de maior produtor de cacau – passando em 2016 o estado da Bahia, o Pará também criou uma rota do Cacau. Outros produtos incluem a Rota do Queijo Marajó, circuitos de praia e mar, roteiros que passam por comunidades ribeirinhas e roteiros com foco na gastronomia.