Bares e restaurantes podem incrementar ganhos com produtos próprios e experiência



Evento Rio Gastronomia dá dicas de empreendedorismo para participantes

Investimento em novos serviços e levar o negócio para o mundo digital são os caminhos para o empreendedor do setor de bares e restaurantes aumentar o faturamento, segundo empresários que participaram do segundo dia do PEGN Labs. Uma das principais atrações do Rio Gastronomia, o encontro oferece conteúdo qualificado, conselhos de gestão, informações de mercado e encontros com empresários e especialistas do setor

Para compensar o movimento baixo nos restaurantes, uma das saídas é criar seus próprios produtos e atuar no varejo, afirma Cristiana Beltrão, fundadora do Bazzar. Com o objetivo de diversificar sua atuação, ela lançou uma linha de produtos que inclui molhos, cafés e doces, oferecidos em 800 pontos de venda no Brasil e no exterior.

— A estratégia fez a Bazzar chegar a novos mercados, entre eles Estados Unidos, França, Inglaterra, Japão e Alemanha. E a internacionalização me ajuda a enfrentar a crise — explica.

Danio Braga, fundador da pousada e restaurante Locanda Della Mimosa, localizada em Petrópolis, decidiu apostar em novos serviços para aumentar a receita, que vinha caindo nos últimos meses.

— Festas de casamento, que traziam um faturamento bom, não seguram mais as contas — diz. — Depois de pesquisar e refletir muito, ampliei o portfólio de serviços. Agora, faço leilão de vinhos, organizo eventos corporativos e ofereço diversos tipos de cursos de gastronomia. Além disso, produzo massas, cervejas e geleias.


Fonte: O Globo