Aneel autoriza e energia terá reajuste de 6,87% no Pará


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem, em reunião pública, reajuste da tarifa da Celpa. O consumidor residencial terá um impacto de 6,87% na conta de luz. A empresa, que atende a 2,4 milhões de consumidores no Pará, confirmou que o aumento entrará em vigor a partir do próximo dia 7.

Os consumidores foram pegos de surpresa com a notícia e não ficaram nada satisfeitos. A advogada Marina Costa, 69 anos, mora com o filho, a nora e a neta em um apartamento de 80 metros quadrados no bairro de Nazaré, em Belém. Paga, em média, R$ 350 por mês. Ela reclama bastante de mais esse reajuste.

“Deve vir um aumento de mais de R$ 20 aí na conta. Isso sem contar com os aumentos das tais bandeiras tarifárias. A situação é crítica mesmo. Tudo reajusta, menos o nosso salário”, reclama. Para o assistente administrativo Sidney Costa, 33, a decisão não veio em boa hora, uma vez que está desempregado há 4 meses. “Hoje sou sustentado pela minha mulher, que ainda está empregada. Ela sustenta todas as contas da casa”, diz. “Qualquer tipo de aumento de tarifa pública sempre pesa no fim. A situação está difícil para a população e não temos a quem recorrer”, critica.

Para calcular o reajuste da tarifa, conforme estabelecido no contrato de concessão, a agência considerou a variação de custos associados à prestação do serviço. O cálculo leva em conta a aquisição e a transmissão de energia elétrica, bem como os encargos setoriais.

(Luiz Flávio)

Fonte:http://www.diarioonline.com.br