Setur promove oficina da Rota Gastronômica do Tapajós, em Santarém


Técnicos da Secretaria de Estado de Turismo (Setur) estiveram, nesta quarta e quinta-feira (05 e 06), em Santarém, promovendo a oficina da Rota Gastronômica do Tapajós “Peixe da Esquina” junto ao trade local. Participam do encontro representantes de diversas comunidades, do setor hoteleiro, de restaurantes, da Emater e produtores de orgânicos dos municípios de Santarém e Belterra, e também da Vila de Alter do Chão.

 

O evento contou com a presença do coordenador do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) da Setur, Álvaro do Espírito Santo, e teve como consultor o especialista em Turismo, Planejamento e Gestão Pública, Sílvio Barros. Na oficina foram debatidos quais os principais desafios para a estruturação da rota e também quais as soluções devem ser adotadas pela rede de parceiros, a fim de promover organização e padrão de qualidade nos serviços prestados aos turistas.

 

Entre os tópicos abordados estiveram questões como a infraestrutura urbana, capacitação e envolvimento, comunicação e marketing, e ainda, a operação turística. Ao final da oficina, os participantes definiram a proposta de duração do roteiro que pode ser ofertado com a duração de 1 dia ou até 7 dias. Vale destacar, que qualquer roteiro turístico leva em consideração certa flexibilidade para ser adequado conforme o tempo de permanência média do visitante.

 

Entre as experiências que podem ser oferecidas ao turista e pensadas pelos integrantes da oficina para os dias de roteiro estão atrações como café da manhã regional, Mercado de Peixe, river tour, a piracema, Lago Verde, Floresta Encantada, Ponta do Cururu (em Alter do Chão), trilha na Serra da Piroca, farinhada, açaí, feijão manteiguinha, produção de cupuaçu e taperebá, Ponta de Pedra, Lago Tapari, Piracaia, criação de peixes, produção de mel, artesanato, passeio de canoa, entre outros.

 

Texto: Israel Pegado