Circuito de gastronomia destaca sabores locais

 

  • / SELO UNESCO / 26/05/2017 10:14

    O Festival Brasil Sabor tem o objetivo de valorizar os produtos e chefs do Estado através de uma extensa programação

 

Desde que Belém recebeu o título de Cidade Criativa da Gastronomia da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 2015, a capital paraense vem se destacando como referência gastronômica no Brasil. E, nesta quinta-feira, 25, foi promovida a primeira etapa do circuito do Festival Brasil Sabor, com o Jantar 3x1.

O evento está inserido na programação do festival, lançado no dia 17 deste mês, no Palácio Antônio Lemos, sede da Prefeitura de Belém, que segue até 18 de junho com encerramento no Complexo Turístico Ver-o-Rio. Na noite desta quinta, três restaurantes fizeram uma espécie de intercâmbio de cozinhas, onde os chefs dos restaurantes Gratto Empório, Tapioquinha da Amazônia e Cia Paulista se reuniram no Famiglia Sicilia, espaço localizado no bairro de Batista Campos, para cozinhar juntos.

A diretora da Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), Claudia Sadalla, destacou que, “o Brasil Sabor é um evento de porte internacional, e este é o momento de dar visibilidade para a gastronomia local”. “A Prefeitura de Belém está junto nessa iniciativa. Este é um momento, inclusive, de alavancar a economia da nossa cidade através do turismo e do consumo dos nossos produtos”, afirmou.

Valorização - O Festival Brasil Sabor tem como objetivo a valorização dos produtos e chefs do Estado através de uma programação extensa com workshops, feiras gastronômicas e pocket shows que, em Belém, se estenderão por um período de 30 dias, o que é inédito na história do festival, habitualmente realizado apenas durante quatro dias.

“No momento que você consegue o selo de Cidade Criativa da Gastronomia, da Unesco, é o momento de fortalecer esse ponto e fazer o reconhecimento disso para o mundo, mas este reconhecimento primeiro tem que acontecer com as pessoas da região. O paraense que reconhece seu produto, valoriza o que é seu, ele pode influenciar outras culturas. E o selo cumpre seu papel de responsabilidade social, que é o de fortalecer a economia local”, declarou o empresário Fábio Sicilia.

A advogada Lorena Luciana Quaresma esteve presente no evento e elogiou a iniciativa dos restaurantes com a programação. “Esta realização é muito boa, porque está difundindo o Estado e sua culinária criativa e exótica, além disso, turistas vêm para conhecer não somente os pontos turísticos e belezas naturais, mas também a nossa culinária. E dentro de um cenário de crise pelo qual o país está passando, iniciativas como essa, que contam com a parceria do poder público e empresas privadas, é o que certamente trará bons resultados para a economia local”, avaliou Lorena.

Programação - O Festival Belém Ilhas e Sabores está marcado para os dias 17 e 18 de junho, no Ver-o-Rio, e marcará o encerramento do circuito gastronômico, com uma extensa programação de palestras, aulas show, e a presença de todos os restaurantes que participaram do evento desde o início.

Fonte: http://agenciabelem.com.br